segunda-feira, 26 de março de 2012

Sim

Um verso cuspido
feito sem parar
inverso e despido
de qualquer pensar
imerso em sentido
sem ti dói versar
senti ver sofrido
este seu amar
se vê que é comigo
teu melhor lugar
inverte este medo
te aceito no altar.

2 comentários:

lapejulio disse...

Adorei esse, adoro simplicidade direta!

Ari Pedro disse...

assim sim!!!

lindo e cru...