domingo, 4 de julho de 2010

Para sempre. Como sempre.

A partir de hoje eu te amo pra sempre. Como sempre! A partir de hoje, não te quero pra mim. Quero sim! Eu não quero mais nada. Eu to cansada. To ferida. To passada. Minhas folhas estão secando. E eu to fraca! E só sei que te amo! E to forte. To úmida. Animada. Vejo flores em tudo. Eu só quero nós! Me desculpa. Pelo que não calo. Eu te amo. Te desejo. Me disfaço! Tá difícil. Te largar. Eu não quero! Eu te amo! Eu te quero! E não creio, que seja o fim. Nem quero! Eu te amo. Isso basta. Não é tudo. Mas basta. Pra tudo. Casa comigo? Eu te amo! Pra sempre! Como sempre! Tenho o mundo. Mas não quero. Este mundo. Sem você.

Um comentário:

AMe disse...

dá um samba !